quarta-feira, 16 de junho de 2010

É ele quem eu amo!

E quanto às lágrimas, derramarei o quanto eu quiser. Porque por ele eu sei que vale a pena gastar milhares de lenços de papel, ficar com o rosto desconfigurado, falar soluçando e tudo mais. É ele quem eu amo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário